TRANSIÇÃO CAPILAR, O QUE NÃO FAZER COM SEU CABELO

12 de jan de 2016

Eita cabelinho multicolors esse meu. Quem me acompanha sabe que mudar é comigo mesmo, sou desapegada de cabelo e gosto de cara nova, poreeeemmmm, 206 promete ser diferente brazeeeel! 
Em 2013 comecei a saga do cabelo ruivo, rolou ATÉ vídeo (tem post aqui), decidi ficar ruiva e achar o tom laranjinha perfeito (sonho de toda menina que quer ser ruiva hahah). Foram muitos tons, 897349834938749823 marcas de tintas e variações de descolorantes. OU SEJA, fia, seu cabelo precisa descansar!
Maaas nãaaaaooo, a pessoa não aguenta ter cabelo descente na cabeça, ela quer mudar, daaaai, PAAAAH, passou o ano novo e eu fiquei LOIRA. E detalhe, TOSEI A CABELEIRA DA ZEZE MEIXMOO! Ô genteee, sai do salão chocada, porque foi uma PUTA mudança, o corte e a cor num mesmo dia. E o loiro foi bem palha mesmo, do jeitinho que eu queria. Pena que isso não acabou bem...
Depois dessa mudança drástica, mais drástico ficou foi meu cabelo, que virou elástico depois da coloração. Depois de tantas tintas diferente meu cabelo precisava respirar, e ao invés disso, descolori geral sem medo! E não teve hidratação que concertasse o estrago. POOOOTSSS! Fiquei doida e chorei pela primeira ao vez quando vi meu cabelinho naquela situação. Ai gente, sério. Eu penteava e saia os fios nas minhas mãos. Muito, muito tenso. Pensei to ficando careca, até cogitei um corte joãozinho, mas desisti (graças a o bom Deus). 
Resolvi escurecer e quietar. Porque mais uma dessas eu ia fazer cosplay da Miley Cyrus. Fui no salão e o meu cabeleireiro colocou o mesmo tom da raiz, o único conselho: "vai hidratando e deixa crescer, dá um tempo de química Neluma". E cá estou, passei tanto perrengue com esse cabelo (ainda passo alguns kkk) porque ele nunca mais foi o mesmo, eu lavo e ele fica meio liso, meio cacheado, meio crespo, totalmente indeciso. No começo foi impossível usar ele natural, hoje ele está mais crescidinho, cortei as pontas e ele está voltando a ter forças.
A foto acima é do meu cabelo HOJE, sem filtro nenhum. Já com um pouquinho de volume e com a cor bem desbotada. Reparem que agora está com uns reflexos como se eu tivesse feito ombré hair. 
A meta pra 2016 é ter esse cabelo de 2008 (eu com 18 aninhos) de volta. Começando com não pintar, não mexer e não mudar de jeito nenhum. O desafio em 2016 é não cortar e hidratar de 15 em 15 dias, e juro é realmente um desafio pra mim. 
Ai você me pergunta: "Arrependeu de pintar Neluma??" Por mais que eu quase tenha ficado careca,  eu não arrependi kkk, hoje eu teria feito diferente: teria cuidado melhor das minhas madeixas, hidratando, cortando quando necessário, usando menos chapinha e outras coisas que nós mulheres conhecemos. Se tem uma coisa que eu aprendi: Quer mudar? Tem que cuidar! 
Tô contando a minha transição capilar (aqui tem mais post do meu cabelo antes de 2013), e te mostrando o que NÃO fazer com seu cabelo.  E olha não tenho nenhum creme, shampoo, máscara que eu consiga indicar porque não sou nada ligada a isso, mas em 2016 vai ser diferente. :D 


Postar um comentário

Obrigado pela sua visita, vou adorar receber seu comentário!

0 comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...