Sessão D.R - Amor e Tecnologia!

23 de nov de 2012
A leitura desse texto (aqui) me deu forças pra também falar sobre o assunto, tão vivido por nós nos dias de hoje, resolvi aguçar e complementar as palavras da querida Julia Faria.


Foi-se o tempo em que pista de traição era marca de batom na camisa do bofe, com a tecnologia de hoje e com os smartphoness da vida como evitar?!
Primeiro as redes sociais (facebook e instagram), que assaltaram nossa privacidade a mão armada, e sem relutar estamos satisfeitos com isso. Queremos mostrar o que fazemos, com quem andamos, para aonde vamos, tudo em troca de algumas mentions e likes feitos na maioria das vezes por pessoas que sequer fazem parte da nossa vida de verdade. E nós sabemos, há muita superficialidade nas rede sociais! Ainda mais irônico do que tudo isso é perceber que a mesma ferramenta que nos possibilita desbravar o universo e conhecer gente de todos os lugares do planeta sem sair de casa é a mesma que nos prende dentro do nosso próprio mundinho. Basta dar uma volta por aí para ver que nós estamos sempre conectados com nossos smartphoness checando e-mails, notificações dos amigos, postando fotos e atualizando nossos status. Ações que fazemos enquanto almoçamos, estamos em um bar ou balada com os amigos, vivendo de fato a nossa vida reeal, de carne e osso.
E quando se trata de relacionamentos amorososs, ficamos ainda mais presas (as mulheres em maioria) á suposta "vida online" do parceiro, os feeds sendo atualizados e você procurando cada vestígio, analisando cada amigo em comum, vendo foto por foto, varando a madrugada.. Quem nunca?! E depois se aparece qualquer foto no instagram dele, mil questionamentos surgem: "Agora? Onde? Com quem?", e por ai vaaai.. 
Não bastasse ter essa exposição de fotos por toda parte, somos usuários do WhatsApp (chat disponibilizado por meio de aplicativos nos smartphones), além dessa comunicação sem fronteiras, somos livremente manipulados, e deixamos marcados até a ultima hora a qual nos conectamos. Checar a ultima vez que o bofe deu sinal de vida no Whats, quem nunca?! :OOOOO 
Sinceramente eu fico num impasse de amor e ódio com tanta tecnologia, as vezes da uma vontadezinha de sumir, perder o telefone e nunca mais encontrar, naqueles em dias em que a gente não quem ver e nem falar com ninguém. Mas não. Quanto mais invasivo melhor, aliás quem inventou a porcaria do "Last Seen"?! Tem necessidade saber o horário exato que ele/ela esteve ou não conectado no chat e por algum motivo qualquer, QUALQUER MESMO MULHERES PARANOICAS, não pode responder a nossa mensagem? ENTÃO, um simples last seen já tirou o sono de muita gente, inclusive o meu! :T

Bom para esclarecer os desconhecidos do WhatsApp: 

Last Seen - mostra o último segundo que a pessoa esteve com o WhatsApp aberto. Clicou no menu ou clicou para travar o aparelho? É esse horário que ficará registrado no seu last seen para toda e qualquer pessoa que te tenha na lista! Para se livrar disso, é só clicar em WHATSAPP > CONFIGURAÇÕES > CONFIGURAÇÕES DE CHAT > AVANÇADO > MARCA DE ÚLTIMA VEZ! Ali você consegue desativar. Leva até 24hs para fazer a mudança e pode levar o mesmo para ter de volta se você mudar de idéia! Detalhe bem importante: se você cancela o seu last seen você automaticamente deixa de ter acesso ao dos outros. Tudo na vida tem seu preço, né? Hahah ;p Veja aí o que vale mais a pena!

Conectado - se está escrito conectado no status da pessoa é porque sim, ela está com o chat aberto neste exato momento. Ela não necessariamente está na página da sua conversa, pode estar inclusive num papo importante com outra pessoa e nem viu sua janela. Mas se está conectado é porque ela está online e o aplicativo está aberto no seu celular. Não tem como negar.

Double Check - sabe aqueles dois tracinhos verdes que aparecem na frente da mensagem? As pessoas tem mania de achar que os dois traços significam que a pessoa leu. Mas não. Não é. Um tracinho significa que a mensagem foi entregue ao servidor. Dois tracinhos confirmam a entrega no telefone da pessoa enviada. Atenção: dois tracinhos = mensagem entregue! Não mensagem lida! Para ter controle de leitura só batendo os dois tracinhos com o last seen da pessoa, né?! Porque se foi entregue e ela abriu o WhatsApp depois disso, só não leu se não quis..

Eu me esclareci tem pouquissimo teempo! hahah =p A gente sempre fica um pouco frenética com essa coisa de leu, não leu, entrou e não me respondeu :S Eu sei que nós mulheres somos desesperadas é complicado lidar com tanta informação. Não existe um certo ou errado, em pleno 2012 não há como abolir e ignorar essas facilidades em nossa vida, porém, também não acho que devemos concentrar toda nossa energia social nela. Em outras palavras, não acho que devemos abrir mão da nossa vida online, de conhecer pessoas ou compartilhar aquilo que estamos vivendo naquele momento, mas não podemos deixar que isso defina nossa personalidade ou nossa vida real. Tão importante quanto isso é lembrar que existem pessoas incríveis por aí no mundo offline esperando por um "like" ou uma cutucada ao vivo, mesmo que elas não frequentem os mesmos lugares ou escutem a mesma banda que você. Ou ainda, que não entendem sobre Twitter ou Instagram.

Só quero dar uma dica, algo que tenho trabalhado em mim: DESAPEGAR. Ficar longe de  olhar cada perfil no instagram das mocinhas que curtiram a foto dele, longe do "last seen". Sinceramente?! Quanto menos mensagem melhor. Hoje eu quero ao vivo. Olho no olho. Ouvir a voz. Sentir o cheiro. Perdemos tanto tempo com bobagem.. O que não dá é morrer no meio do mal entendido, da mensagem mal interpretada, ou de uma double check no celular do cara, talvez que ele nunca recebeu, não confio 100% na tecnologia, então se puder vá ao encontro ou ligue. Precisamos interagir de verdade, nos permitir a desbravar um território desconhecido e menos obvio, nos surpreender com as pessoas. 

Estou me dando a chance de reaprender a viver offline e você?


Postar um comentário

Obrigado pela sua visita, vou adorar receber seu comentário!

0 comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...