CHAPADA DAS MESAS SUA LINDA!

21 de out de 2016 { 0 comentários }
Onde fica:
A cidade base para conhecer a Chapada das Mesas é Carolina no Maranhão, fomos de avião de Goiânia a Imperatriz, e de lá seguimos 222 km de carro até Carolina.

Melhor Época:
Fomos em setembro, e foi maravilhoso, sol o dia todo, nenhum pinguinho de chuva! O pessoal da região conta que de Junho a Agosto são as melhores temporadas.

Hospedagem:
Em Carolina ficamos na Pousada Candeeiros, é um casarão bem antigo que pertence à mesma família a 3 gerações, a decoração é uma viagem ao passado. É toda bonitinha e com bom atendimento, nos decepcionamos apenas com o chuveiro que quase não saía água rs

Restaurante:
Espaço Gourmet, o melhor da noite em Carolina, fica na praça principal, música ao vivo, comida gostosa e preço bom!

1º DIA
CACHOEIRAS ITAPECURU
Saímos de Imperatriz depois do almoço, e planejamos tudo com cautela para não perder tempo, a primeira parada foi nas Gêmeas, famosas na região por serem duas quedas iguais, uma do lado da outra. Fica na estrada para Carolina, cerca de 33km. Água é cristalina e o lugar tem estrutura com bar/restaurante em frente a cachoeira e chalés. Ficamos tranquilos a tarde toda e dormimos por lá, foi uma delícia, a noite só o barulho da cachoeira! A entrada é R$ 20,00, mas com hospedagem está incluso essa taxa.



2º DIA
COMPLEXO POÇO AZUL
Seguimos cedinho para Riachão, 103 km de Carolina, rumo ao Poço Azul, eu estava curiosíssima para conhece-lo. O complexo é grande, abriga 7 cachoeiras, tem área para crianças, chalés, restaurante, lanchonete, aluguel de boias, é tudo bem organizado. A taxa de entrada é R$ 40,00.
O passeio é delicioso, diferente da Chapada dos Veadeiros, os lugares têm toda uma estrutura, a trilha é muito tranquila e as pontes te levam a todas as cachoeiras.

CACHOEIRA SANTA BARBARA
É muito linda, com água verdinha e queda dentro de cânion, cenário de filme mesmo, tem 76 metros de altura, uma das mais altas da Chapada.



POÇO AZUL
Com água cristalina e temperatura ambiente, você entra e não quer mais sair. A aguá é tão transparente que dá esse efeito de ilusão com a profundidade, você olha as pedras e parece que está pertinho, mas é bem fundo!
O ideal é chegar cedo, porque lá pelas 11h o poço vai enchendo.



ENCANTO AZUL
Fica 6 km do Complexo e só chega com carro traçado, então é só esperar portaria do Complexo que os guias/motoristas vão chegando, a taxa do passeio é R$ 30,00 (valor individual), no máximo 6 pessoas por vez.
O acesso é um pouquinho mais difícil, tem uma boa descida no meio das pedras, e uma super escada que te leva até a piscina natural, pra descer é uma beleza, agora pra subir... rsrs




Eu juro que é um dos lugares mais lindos que já conheci, é um silêncio... só você, a natureza e Deus.
Eu nunca tinha visto uma água tão azul. É maravilhoso!

3º DIA
COMPLEXO TURÍSTICO PEDRA CAÍDA
É gigantesco, tem tudo lá dentro. Coisa pra gringo sabe? Com preços bem salgados rs. Mas é lindo, tem inúmeros passeios, cada um com seu valor a parte, cachoeiras, tirolesa, teleféricos...
O valor da entrada é R$ 50,00 por pessoa, e te dá acesso as piscinas.

SANTUÁRIO
A grande atração do complexo, com sua beleza ímpar, o valor do passeio é R$ 25,00. A cachoeira tem queda de 46 metros dentro de um cânion, é quase uma caverna, dá pra ouvir o eco da nossa voz. É incrível ver o trabalho da água naquelas pedras.
A trilha é ecológica, com uma caminhada de 600 metros acompanhada por um guia, como todo passeio dentro do complexo. O acesso é através da água, então não é aconselhável levar mochilas e pertences que não podem molhar. Na volta uma ponte com mais de 50 metros de altura, aventura mesmo! rs




Registramos em vídeo as náguas cristalinas e a beleza do lugar! Aperta o play colega, ahh não esquece de colocar em HD pra ver melhor:

Foi lindo Brazeeeel, pena que ficamos pouco tempo, porque sempre tem mais lugares pra conhecer! Valeu Maranhão 

ROTEIRO CHAPADA DOS VEADEIROS #3

4 de out de 2016 { 0 comentários }
TRILHAS A PARTIR DE ALTO PARAÍSO:

Antes de ler esse post, confira minhas dicas gerais da Chapada dos Veadeiros e as trilhas a partir de Cavalcante e São Jorge, clicando aqui: ROTEIRO 1 - CHAPADA DOS VEADEIROS e ROTEIRO 2 - CHAPADA DOS VEADEIROS.


4º Dia
Hora de pegar a estrada, seguimos para conhecer a Cachoeira Cristais, não é tão famosa quanto as outras e foi escolhida porque fica bem próxima de Alto Paraíso, e depois da caminhada do dia anterior (no Parque Nacional da Chapada), queríamos uma trilha leve e de fácil acesso. A cachoeira é sútil com uma sequência de quedas, ao todo são sete, algumas são piscinas naturais lindas, ótimas para banho. O lugar tem uma boa estrutura, barzinho, música ao vivo, banheiros e área de camping. O valor da entrada é R$ 15,00.



Escolhemos essa cachoeira pra relaxar, tomar uma cervejinha, ver o pôr do sol, e foi exatamente assim, comemos pastéis deliciosos inclusive! Mas entre as belezas naturais do lugar, tem atrações melhores. Pra quem tem crianças ou está acompanhada de idosos é ideal.

Hospedagem
Nos indicaram a Pousada dos Guias e adoramos as instalações, confortável e aconchegante. Negociamos para duas noites, e o valor da diária foi de R$ 140,00. 


5º Dia
Catarata dos Couros
No outro dia cedinho, pegamos a estrada pra ir conhecer a Catarata dos Couros, uma das mais famosas da região, não contratamos um guia, pegamos as devidas informações e fomos. É longe da cidade, são quase 18 km de asfalto sentido Brasília mais 45 km de estrada de terra (o carro quase não subiu, e nos perdemos porque é muito mal sinalizado), mais 3 km de trilha nível difícil, com alguns trechos perigosos. Mas valeu a pena, porque é maravilhoso, sério. LINDO LINDO LINDO.  Sabe aquela sensação de ficar estarrecido com toda a imponência, beleza e magnitude da natureza? Aquela sensação de perplexidade que faz você se sentir um mísero pontinho no universo? Bem, acho que isso descreve bem como eu me senti naquela imensidão.






A Cataratas foi um dos nossos passeios preferidos, uma verdadeira aventura descer as pedras, ver a galera pular de um ponto de 9 m, (é muito perigoso)! Na volta meu tênis rasgou na trilha, sorte que estávamos chegando kkk.
Nosso roteiro ainda tinha Loquinhas pra conhecer, mas chegamos tarde e super cansados! Nos informaram que não estava valendo a pena, os poços são pequenos e estava sem água :( 

Restaurantes
Canela e Café - Ambiente lindo, mas achei o preço puxado!
Chapadócia - Bar e pizzaria, alias, o forte de Alto Paraíso é pizzaria, você vai ver várias! O lugar é uma delicia, tinha som ao vivo, o atendimento foi excelente! Recomendo! 
Bistrô em frente a Chapadócia (não lembro o nome :T) - comida maravilhosa!

Concluindo...
Ao todo foram NOVE PASSEIOS! Aproveitamos bastante, é aventura pura! E digo: não é uma viagem para descanso e muito menos barata, mas vale muito a pena! 
Pra quem quiser ver mais fotos do paraíso, estou no insta publicando tudo: @nelumamagalhaes e @lumagga 
Não viu o vídeo da viagem? É só apertar o play, ahh lembra de colocar em HD pra assistir com melhor resolução:

FAÇA VOCÊ MESMO - ESTAMPA DE CACTOS

30 de set de 2016 { 0 comentários }
Roupa nova gastando quase nada, tem coisa melhor? Resolvi dar uma cara nova pra tshirt basiquinha, um pouco de vida e charme!
Escolhi o desenho (clica aqui pra ver o que eu usei), recortei e apliquei na blusa com um pincel que tinha em casa, a tinta é Acrilex para tecido que custa na faixa de R$ 3,00. Aperta o play pra entender:



GENTE TO USANDO MUITO, já lavei ela bastante e não desbotou, OU SEJA, se joga porque vale a pena miga! Faça você mesma! :D

ROTEIRO - CHAPADA DOS VEADEIROS #2

23 de set de 2016 { 0 comentários }
TRILHAS A PARTIR DE SÃO JORGE:

Antes de ler esse post, confira minhas dicas gerais da Chapada dos Veadeiros e as trilhas a partir de Cavalcante, clicando aqui: ROTEIRO 1 - CHAPADA DOS VEADEIROS

2º Dia
Cachoeira São Bento
Saímos da Cachoeira Capivara, seguimos direto para São Jorge, no caminho, Fazenda São Bento, onde ficam as cachoeiras Almécegas I e II e a cachoeira São Bento, como chegamos lá tarde (já eram 16 horas) fomos apenas na São Bento por ser trilha leve, (entrada R$ 10,00 por pessoa). Lá é lindo também, mas a queda d'agua é pequena e quando fomos quase não batia sol na água (depois de visitar a Santa Bárbara, fica dificil superar rsrs).


Próxima parada: Vila São Jorge, estávamos bastante cansados e precisávamos encontrar uma boa pousada. A vila é bem simples, não é asfaltada, é terra/areia, tem vibes tranquila e bastante lojinhas de presentes/cristais.


Hospedagem
O objetivo era encontrar um lugar com custo x benefício legal, a gente só chegava para dormir então não procurávamos luxo. Escolhemos a Pousada Águas de Março, bem rústica, nosso quarto era intermediário, com menos conforto que a pousada de Cavalcante, mas ainda sim, muito lindinha, o dono é muito prestativo e cuidou muito bem da gente, só deixou a desejar no café da manhã :( O valor da diária foi de R$ 125,00, passamos 2 noites.

3º Dia
Parque Nacional Chapada Dos Veadeiros
No CAT (centro de atendimento ao turista) nos informamos que a única entrada do Parque que estava funcionando era a partir da Vila, (essa é uma informação valiosa, porque as pessoas acham que o Parque é em Alto Paraíso, nós mesmos chegamos lá achando isso, então anota aee!) é bem pertinho. O Parque abre o ano inteiro de terça a domingo, funcionando das 8h ás 18h, a entrada é gratuita e só é permitida até as 12h.

Cariocas
No Parque há duas trilhas: Saltos/Corredeiras e Caniôns/Cariocas. A trilha que escolhemos foi a Cariocas, são 11km de caminhada ida e volta, com bastante subidas e descidas. MEU DEUS! Confesso que chegar foi bem dificil, a trilha é super cansativa, e deu um medinho descer, é cada penhasco kkk #soudascagonas #navoltasofrimaisainda
O lugar é maravilhoso, vale muito a pena.  A cachoeira é muito boa pra banho, pra tomar sol, dá pra chegar pertinho das quedas e ficar la debaixo sendo massageado.. E a vontade de ficar o dia todo? Leve água, lanches e muito protetor para essa trilha, esqueça o almoço rs.


Cânions I e II 
São lindos também, é cada pedra, cada lugarzinho que a água passa, a piscina natural também é delicia, água cristalina e a paisagem é deusa!



Restaurante
A noite fomos conhecer a famosa Santo Cerrado Risoteria, super recomendada por todo mundo que conversei, fomos seguindo as velas no caminho, lugar charmoso, aconchegante, ótimos pratos e com música ao vivo nas sextas e sábados. O valor é razoável.

4º Dia
Vale da Lua
A 6km da Vila São Jorge, muito bem sinalizado você vê o Vale da Lua, entrada de R$ 20,00 por pessoa, com caminhada fácil de 800 metros até as formações rochosas. É bem diferente, mas particularmente achei perigoso, tem que ter cuidado pra não escorregar. Os poços estavam com pouca água, entramos dentro de algumas grutas, tomamos sol, descansamos e partimos logo quando começou a encher, o ideal é chegar bem cedo.




Gente tem TANTA FOTO, não dá pra postar tudo aqui kkk, mas o meu instagram está cheio! Segue lá: @nelumamagalhaes
No próximo post vou contar pra vocês sobre as trilhas a partir de Alto Paraíso, É MUITO LUGAR LINDO minha gente! 

Tentamos gravar um pouquinho de cada passeio pra registrar a beldade da natureza e mostrar pra vocês aqui, é só apertar o play, ahh lembra de colocar em HD pra assistir com melhor resolução: 

ROTEIRO - CHAPADA DOS VEADEIROS #1

21 de set de 2016 { 0 comentários }
Onde fica: 
  • As cidades que servem como base para explorar a Chapada são Cavalcante, Alto Paraíso e Vila São jorge.
  • Alto Paraíso (Portal da Chapada dos Veadeiros) fica a 220km de Brasília, eu moro em Goiânia, nem tão perto nem tão longe sabe? rs
  • De Alto Paraíso/Cavalcante: 90km de asfalto
  • De Alto Paraíso/São Jorge: 38km de asfalto
O que levar:
  • Tênis, acho que esse é um item fundamental, é praticamente impossível fazer as trilhas com outro calçado, mesmo que seja cansativo o tira e põe o tênis na hora de entrar na água, o tênis é o melhor companheiro nas caminhadas (com pedras, barrancos, lama, mato), não é tênis bonitinho, é tênis confortável, eu não tinha um próprio pra trilha, mas levei um cano alto super confortável, mas o bichinho nem voltou de lá, tive que descarta-lo. 
  • Protetor solar 24 horas por dia, já saia do hotel/pousada protegido! 
  • Roupas confortáveis, camisetas de manga para ajudar a proteger do sol, eu dei bobeira e levei bastante blusinha de alça :( 
  • Mochilas/pochetes/bolsas, práticos para carregar durante as trilhas e que tenha espaço pra guardar as coisas; 
  • Cangas, tolhas, boné, roupa de banho - eu levei biquíni e maiô/body, mas fui mais mais feliz usando o maiô, é mais seguro com as quedas d'água! kkk
  • Águas e lanchinhos para do dia, algumas trilhas são muito cansativas, é preciso se alimentar e hidratar bem!
  • É bom levar um saquinho ou bolsa impermeável que proteja documentos, celular, câmeras que não são a prova d'água. 
  • Repelente pode ser um bom companheiro!
Dicas Gerais:
  • Estude bem a melhor época do ano para visitação, eu fui agora em setembro, em outubro já começa as chuvas e os lugares ficam perigosos, as águas da cachoeira já ficam tão limpinhas.
  • Assim que chegar na cidade, procure o CAT - Centro de Atendimento ao Turista, já pegue um mapa com informações de pousadas e passeios da região.
  • Faça um roteiro com os principais lugares para conhecer, o ideal é não perder tempo procurando ou decidindo.
  • Saia sempre com o carro abastecido, em São Jorge não tem posto de gasolina, o mais próximo é em Alto Paraíso.
  • Leve uma quantia razoável em dinheiro, a maioria dos lugares só aceita dinheiro e você não encontrará agências bancárias ou caixa 24 horas fáceis.
TRILHAS A PARTIR DE CAVALCANTE:

1º Dia
Poço Encantado
Saímos de Goiânia na sexta, dia 02/09 as 6 da manhã, chegamos em Alto Paraíso ao meio dia, almoçamos e fomos ao CAT para pegar todas as informações necessárias. 
Seguimos direto para o Poço Encantado, que fica no caminho de Alto Paraíso a Cavalcante. Trocamos de roupa no local, lá tem estrutura com restaurante/bar e os banheiros são bem organizados. O valor da entrada é R$ 20,00, a trilha é fácil e dá até pra descer com lanches e bebidinhas. 



Hospedagem:
Seguimos para Cavalcante e também fomos ao CAT, pegar informações de pousadas, não reservamos nada, preferimos ir para conhecer o lugares.
Nos hospedemos na Pousada Morro Encantado, muito linda, cheia de verde, aconchegante, tudo simples, rústico, mas muito capricho, o café da manhã também foi delicioso, o valor da diária foi de R$ 160,00 o casal.


2º Dia 
Cachoeira Santa Bárbara
Acordamos no outro dia bem cedo, arrumamos nossa mala, tomamos café e seguimos direto para Quilombo Kalunga, são 35km de terra (cerca de 40 minutos) até chegar lá, é obrigatório a contratação do guia para entrar na Cachoeira Santa Bárbara, então contratamos o guia da comunidade (economizamos cerca de 20 reais, já que no CAT de Cavalcante o guia era mais caro). São uns 800m de caminhada tranquila. O valor do guia é R$ 70,00 (se você conseguir um grupo para dividir, melhor ainda) + valor da entrada nas cachoeiras por pessoa: R$ 20,00.

O ideal é chegar BEM CEDO, 9 horas da manhã estávamos na água, OU SEJA, pegamos a cachoeira vazia, deu pra aproveitar e contemplar sua beleza, afinal ela é bem pequena e você só pode ficar 1 hora no local por causar da preservação. Então mais tarde a cachoeira enche e fica difícil conseguir fotos legais. EU AMEI, fiquei o tempo todo dentro da água e nem sofri com a temperatura gelada.



Cachoeira Capivara
Está no pacote com da Santa Bárbara, a trilha é um pouco mais puxada, são 1500m de ida e volta, porém pulando pedra com descida bruta kkk, mas a cachoeira também vale muito a pena!



É tanta foto e tanta coisa pra falar, que dividi os posts por trilhas, seguindo exatamente a ordem da minha viagem. Assim fica mais facil pra mim e pra vocês, que vão pegando as informações mais detalhadas. haha ;p Dúvidas é só deixar nos comentários, no próximo post: As trihas a partir de São Jorge. :D


Tentamos gravar um pouquinho de cada passeio pra registrar a beldade da natureza e mostrar pra vocês aqui, é só apertar o play, ahh lembra de colocar em HD pra assistir com melhor resolução:



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...